Uni duni Ler Todas as Letras é um projeto de incentivo à leitura voltado, principalmente, para bebês, idosos, pessoas com necessidades especiais, hospitalizadas ou em situação de vulnerabilidade social. Realiza, desde 2013, leituras públicas, rodas de histórias e cantigas, leituras sensoriais, formação de mediadores de leitura sempre com a participação de escritores, ilustradores, mediadores de leitura, contadores de história. e músicos, que numa caravana poética, itineram por creches, asilos, hospitais e abrigos, livros, afetos, muitos versos e muita prosa!


Deixe um comentário

Na sombra de uma mangueira coube o mundo inteiro

A chuva candanga deu uma trégua e como eram quase cem crianças que teriam que se dividir em dois momentos, resolvemos aproveitar a frondosa sombra da mangueira para ler e brincar de ler na última ação Uniduniler todas as letras pelo IV Festival Itinerante de leitura! E foi uma delícia!

A creche Casa da Mãe Preta, no Núcleo Bandeirante, atende crianças de zero a quatro anos de idade em período integral. Alí, em baixo da mangueira, teve música, história e muita brincadeira! Teve leitura com todos os sentidos em alerta, como a turma da primeira infância adora: com cheiros, texturas, sons e até gostinho de quero mais! Na sombra da mangueira coube riso, coube dança, coube canto, coube óculos imaginário com superpoderes de enxergar corações e pensamentos, coube grito de espantar medo e até segredo soprado direto para o coração! Teve segredo sussurrado no ouvido depois da leitura divertida do livro que conta outra história daquele famoso minhoco, que beija uma minhoca do lado errado. O livro O Minhoco Apaixonado, escrito por Alessandra Roscoe, ilustrado por Luciana Fernandez e publicado pela Editora Canguru, mostra que o tal minhoco nunca foi louco, era só míope um pouco! A Maria Luiza de 3 anos, única entre as crianças a usar óculos, toda sorridente ao final da leitura contou que antes de “ler” o livro tinha vergonha dos seus óculos, mas que o dela era mais bonito que o do minhoco e a fazia enxergar até dentro dos amigos! Na hora, todos improvisaram óculos com as mãozinhas diante dos olhos e só a pequena Malu tinha os seus de verdade, cor de rosa e de tudo o que a imaginação pintar!

E falando em imaginar… Nem precisou pó de pirlimpimpim pra viajar com essa meninada! Foram tantos lugares visitados dentro e fora dos livros! Na sombra da mangueira coube mesmo o mundo inteiro, só o que não cabe em nós é a alegria de encerrar assim a programação do IV Festival Itinerante de Leitura!

Anúncios