Uni duni Ler Todas as Letras é um projeto de incentivo à leitura voltado principalmente para bebês e idosos. Tem patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura – FAC, da Secretaria de Cultura do Governo do Distrito Federal e vai realizar, gratuitamente, leituras públicas, rodas de histórias e cantigas e oficinas com a participação de escritores, ilustradores e contadores de história.

Tudo o que cabe em um livro e mais um pouco

Deixe um comentário

Cabe juramento de infância eterna, botija fantasma cheia de pataca de ouro, gato almirante, general, máquina de lavar roupas, pato, gato, porco, lobo, vaca e uma campainha bem barulhenta? O que cabe dentro de um livro?

Além de muitas histórias, as crianças da Escola Parque 308 Sul descobriram nesta quinta-feira, que, dentro de um livro, cabe imaginação, sonho, fantasia, determinação, amor. Primeiro descobriram que todas as crianças nascem sabendo desenhar. O problema é que quando vai ficando adulta, vai esquecendo… Quem disse isso foi o Ítalo Cajueiro, ilustrador que mostrou que é possível desenhar quase tudo usando formas geométricas simples, como bolinhas.

Natalia Calamari, Rodrigo Mafra, Romont Willy e Adriana Nunes também mostraram para os pequenos que há muitas formas de escrever histórias com desenhos. Enquanto os escritores liam suas histórias, eles ilustraram, ao vivo, suas concepções. Os resultados encantaram os expectadores.

Depois, eles descobriram que ler não pode ser uma obrigação. Com João Bosco Bezerra Bonfim, perceberam que o cordel é um jeito rimado de contar qualquer história, inclusive as mal assombradas. Ele contou Botija Encantada, que arrepiou os cabelinhos do braço e atrás da orelha por conta de uma panela de pataca de ouro que precisava ser encontrada pra dar sossego à alma penada.

Depois riram com Adriano Siri e sua história maluca do gato almirante escondido debaixo da máquina de lavar que transformou o pai em um general em alto mar. Só lendo pra entender…

A molecada brincou de ler com o Tino Freitas e sua casinha minúscula que cabia pato, gato, porco, lobo e até uma vaca pintada. Quem quer brincar comigo? Então corre, antes que alguém mais toque a campainha.

Pra finalizar, uma surpresa: a mais nova escritora do pedaço: Luiza Roscoe Cavalcante. A mamãe coruja, Alessandra Roscoe, contou a história que Luiza escreveu para o livro Filhos de Peixe, com textos de crianças filhas de escritores. Pausa para o momento emoção.

Assim, todas as crianças descobriram que num livro cabe muito mais do que se imagina e que, além de nos levar para lugares incríveis, também serve para divertir, brincar, colorir, seduzir. Também descobriram que podem, simplesmente, passar para o outro lado e, contar suas histórias com palavras ou desenhos e encantar a todos com sua realidade criativa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s