Uni duni Ler Todas as Letras é um projeto de incentivo à leitura voltado, principalmente, para bebês, idosos, pessoas com necessidades especiais, hospitalizadas ou em situação de vulnerabilidade social. Realiza, desde 2013, leituras públicas, rodas de histórias e cantigas, leituras sensoriais, formação de mediadores de leitura sempre com a participação de escritores, ilustradores, mediadores de leitura, contadores de história. e músicos, que numa caravana poética, itineram por creches, asilos, hospitais e abrigos, livros, afetos, muitos versos e muita prosa!


Deixe um comentário

Fortes emoções marcam etapa do Festival na Associação de Idosos da Vila Planalto

Muitas lágrimas, sorrisos e abraços marcaram o encontro do Festival Itinerante de Leitura na Associação dos Idosos da Vila Planalto neste domingo. As pioneiras da nossa capital encheram a Caixinha de Guardar o Tempo de memórias da época da construção da cidade. Lembraram, saudosas, dos amigos, maridos e conhecidos que já se foram. Lamentaram as injustiças e os silêncios que mantiveram por tantos anos. Riram das lembranças boas que, apesar de tudo, permaneceram.

Dona Domingas, criada na Vila Amaury, a Atlântida do Cerrado, inundada pelas águas que encheram o Lago Paranoá chorou a morte do abacateiro plantado no antigo acampamento por sua amiga e vizinha, já falecida. Segundo ela, os militares fuzileiros navais instalados na região atearam fogo nos restos da árvore nas frequentes limpezas que fazem no terreno em frente a sede. A história da planta refletia, de acordo com ela, a própria história, onde a esperança teimava de brotar de novo, apesar de tantos golpes sofridos.

A lição do abacateiro e da Força da Palmeira, de Anabella López, sentida na pele por Dona Domingas e suas companheiras, é para todos. Pois como dizia o grande mestre Guimarães Rosa, “o que a vida quer da gente é coragem”.

Anúncios


Deixe um comentário

Histórias, cantigas e desenhos alegraram crianças do CEI 04 de Taguatinga

No sábado (29), as crianças do Centro de Educação Infantil número 04 de Taguatinga puderam prestigiar, de pertinho, as canções e histórias de Alessandra Roscoe e Silvio Costta e as ilustrações de Anabella López.

Em um encontro animado, os pequenos desfrutaram de leituras agradáveis, músicas divertidas e puderam ver, ao vivo, como são feitos os desenhos que completam as narrações.

Os bebês também foram contemplados no evento e apreciaram a leitura sensorial do livro gigante O Jardim Encantado. Sentiram o aroma das flores, a textura da grama, ouviram os sons melodiosos dos insetos e puderam passar debaixo do arco-íris mágico que enfeita o conto.

No final, as crianças prometeram, junto com Silvio Costta que quando crescerem serão, apenas, grandes. As mães, pais e professores juraram nunca deixar de ler e de contar histórias para encantar os coraçõezinhos.