Uni duni Ler Todas as Letras é um projeto de incentivo à leitura voltado, principalmente, para bebês, idosos, pessoas com necessidades especiais, hospitalizadas ou em situação de vulnerabilidade social. Realiza, desde 2013, leituras públicas, rodas de histórias e cantigas, leituras sensoriais, formação de mediadores de leitura sempre com a participação de escritores, ilustradores, mediadores de leitura, contadores de história. e músicos, que numa caravana poética, itineram por creches, asilos, hospitais e abrigos, livros, afetos, muitos versos e muita prosa!

Oficina de capacitação de mediadores de leitura para realizar leituras sensoriais com bebês especiais

Deixe um comentário

As leituras sensoriais também fazem parte do UniduniLer Todas as Letras – II Festival Itinerante de Leitura. Na última quarta-feira 12 de agosto de 2015, ainda na fase preparatória do II FIL, o Centro de Ensino Especial 02 de Ceilândia – DF recebeu uma oficina destinada a professores da educação precoce ( 0 a 3 anos) de turmas de bebês com necessidades especiais e familiares para experimentarem outras formas de ler com os pequenos. A escritora e coordenadora do Festival, Alessandra Roscoe, desde 1998 desenvolve oficinas de leitura com grávidas ( Aletramento Fraterno), com bebês ( Experimente a Palavra) e  com idosos ( Caixinha de guardar o tempo), além de ter criado em 2010 o primeiro clube de bebês leitores permanente do país, com encontros semanais de troca de livros o Uni duni Ler. E foram as experiências todas destes projetos que Alessandra dividiu na oficina. Partindo da ideia de que ler com prazer é um processo que faz bem em qualquer idade, a coordenadora do Festival levou livros, tapetes, música e um livro gigante que permite a leitura sensorial para demonstrar que não há limitações que impeçam a descoberta do prazer de brincar de ler e que não é preciso ser letrado para interagir com os livros e a literatura. Durante a leitura que explora o tato, a audição, o olfato, a gustação e a visão no livro gigante do Jardim Encantado, uma das obras escritas por Alessandra Roscoe, os bebês e as crianças que estavam presentes participaram ativamente. Dois bebês, especialmente: Leandro, de 3 anos e João de 2 anos, ambos com especialidades e que integram o programa de inclusão na Rede Pública de Ensino, se deliciaram com a novidade. Num dos momentos da leitura sensorial em que os bebês manipulam o livro e os objetos da história, Leandro não se conteve e se jogou no meio do livro para atravessar o arco-íris de uma das páginas. Todos no auditório aplaudiram e ele repetiu a cena, pelo menos mais três vezes!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s